from the gym to the streets!

Digamos que estamos na era de quebrar barreiras, de erradicar estereótipos, de ignorar normas impostas na sociedade, e, a par de toda esta revolta e revolução, estamos na era da preocupação, e a principal preocupação hoje em dia é a saúde, infelizmente ainda muito ligada simplesmente ao aspeto físico, meramente superficial, mas ainda assim, as pessoas estão a precaver-se, os ginásios estão inundados de inscrições, e as cidades inundadas de ginásios (a sério, é um em cada esquina). E como tudo na vida há para todos os gostos, para aqueles que não gostam de correr parados, existem cada vez mais alternativas, cada vez mais parques e espaços verdes são criados nas cidades, o bichinho do exercício está em todo o lado, e não é de novidade, principalmente não de agora, que a moda acompanha tudo isso. Mas a questão é, que existem marcas desportivas e roupas específicas para tudo já toda a gente sabe, o que provavelmente não se esperava é que a moda do ginásio saísse à rua e criasse a sua própria corrente – Sporty Chic – foi assim apelidado o estilo de vestir mais desportivo, inicialmente conseguido através da roupa mais confortável, ideal para uma corrida ou um jogging matinal. Mas não é sobre essa roupa que vos venho aqui falar hoje, é sobre uma moda mais recente que surgiu ligada ao desporto há cerca de dois anos atrás e que hoje sai à rua cada vez com mais ímpeto e mais destaque – As Sapatilhas de Malha.

colorful sunday!

Serei eu a única a achar que este outono tem estado mais quente que o suposto costume? Em pleno mês de novembro e não só tenho vontade de sair à rua cheia de cor como ainda me dá a audácia de não usar meias! Ou perdi por completo os sentidos ou a cabeça, mas a verdade é que o solinho estava tão bom que não resisti a acompanhá-lo com um dos meus vestidos favoritos de verão, é sem dúvida nostálgico… E para não parecer uma maluquinha por completo decidi dar um toque mais outonal com um crop de três quartos e uns botins, sim porque já basta sair à rua sem meias com menos de 20º, não era preciso chocar de alcinhas! Acerca deste look não há muito a dizer, apenas mais um domingo, passado em família, com um pouco de passeio pela minha terra, confesso que já tinha saudades de alguns lugares e sobretudo de algumas pessoas! Este foi sem dúvida um fim de semana produtivo! E agora deixo-vos com algumas fotos!

a hat kind of life!

Penso que já partilhei com vocês a minha perdição por chapéus, e penso também que já disse inúmeras vezes que para mim não há épocas adequadas para usar um chapéu, há sim estados de espírito propícios e por vezes, maus dias de cabelo! Neste caso foi uma mistura dos dois… Confesso que não sou muito dada a cores, principalmente nesta época mais fria, e acabo sempre por recair sobre tons mais neutros e indubitavelmente mais escuros no que toca a roupa. Talvez por isso mesmo, quando andava a dar uma volta pelos saldos de verão decidi aumentar o meu stock de chapéus para o outono/inverno! Assim que me dei conta da sua existência inclinei-me para um azul escuro, e ao seu lado repousava sereno este rosa seco, o preço era mais que apelativo, então optei por trazer os dois! Durante um mês fiquei a olhar para eles em casa sem saber o que lhes fazer até que finalmente pensei – “um full black outfit rockava este rosinha” e pronto, aproveitei um dia de mais ao menos calor com um sol bem alto para dar umas voltas pela cidade, almoçar com as amigas e turistar um pouco! Fiquem com mais um outfit da semana!

september fav’s

Favs

Há quem diga “make a september to remember”, para mim é mais o oposto visto que este mês foi para esquecer a todos os níveis e mais alguns! Quero começar por pedir desculpa a quem me lê pela minha ausência, seria de esperar que depois de um mês tão caloroso e tão organizado como agosto, o ritmo se mantivesse nos meses seguintes… Eu também esperava isso, infelizmente não aconteceu, infelizmente as minhas vontades não levaram a melhor de mim e fui invadida por uma preguiça nada caraterística proporcional ao tamanho do universo… Enfim, ainda tenho os olhos um pouco fechados mas estou a tentar acordar aos poucos, e apesar de ter dado entrada numa das estações mais lazy de sempre vou tentar reencontrar-me com o meu ritmo e com o meu ânimo. E acima de tudo vou partir numa demanda em procura das letras visto que elas me decidiram abandonar e fizeram malas junto com a minha inspiração… Mas a minha ausência não se deve só a isso, como sabem as aulas recomeçaram, e não, não estou já cheia de exames (thank god) mas tive de mudar de casa, e por muito pequeno que seja o espaço, até que nos sintamos realmente ambientados leva algum tempo a decorar, arrumar e pôr tudo ao nosso jeito, e vocês sabem o quão picuinhas eu sou com todas as minhas manias, o feng shui, a organização, enfim… Tudo isso misturado com aqueles stresses iniciais do ano, como dividir turma, escolher horários, o simples facto de voltar a reencontrar meio mundo deixou-me completamente estafada, e o pouco tempo que me sobrava, porque a inspiração não acometia, decidi gastá-lo a descansar e repor energias… Mas passemos ao que interessa, eu estou de volta, não morri propriamente e por isso deixo-vos com o top cinco do findado mês!

meet tenstickers!

banner

Para quem não sabe a TenStickers é uma empresa que promove a decoração, quer seja das paredes das nossas casas ou das capas dos nossos portáteis e telemóveis, passando pelos nossos automóveis e até pelos nossos frigoríficos! O objetivo principal são as transações sem intermediários, uma vez que um contacto direto entre o consumidor e o produtor promovem uma melhor relação, sendo a palavra chave de todo o negócio a Inovação!

Mas afinal o que é que a  TenStickers produz perguntam-se vocês, fácil – Vinil decorativo! Todo o tipo de Vinil! Desde produtos mais infantis até aos mais sérios, podem escolher entre símbolos, lugares, frases, citações, perfis, podem até personalizar o vosso próprio autocolante! E o melhor de tudo é que por milhares que sejam as opções acabam por nunca se perder devido à atenção que vos é dada por parte da empresa.