OOTD | Farewell Summer

Because the summer is almost at its end I decided to put together an outfit that is the best thing for those times when you have to leave the house on a sunny day but you’re not quite sure what you’re up to… So you can either end on a picnic by the ocean, drinking cocktails at a sunset or, ultimately, go for a river swim! Therefore, and having no concrete plans, I picked up one of my swimsuits – I chose this green one because it’s the one that looks more like a top! I paired it up with extreme high waist shorts – went for my favs at the moment, this stripy ones as I’m obsessed with navy looks for this summer! Lastly chose to wear a bandanna to keep my hair out of my eyes, picked my sunglasses and my fav sneakers! And voila! A cool casual look that can be used in every situation you can think of! Summer wise obvs! What I love the most about this outfit is the fact that all I need to do is take off my shorts and I’m ready for sunbath!

If you wanna see the rest of the photos and the stores where I bought all of this just click the Read More button!

obsessing with tulle!

Guess who’s back with the outfit category! That’s right, ME! So this is sort of an out of date update on what I’ve been obsessing about lately- tule skirts! I found myself in love with these skirts when winter sales kicked in and bought two in a row thinking about both winter and summer, and because winter is way gone I’m here to talk to you about the hotter one I got! This midi green piece of love! I’ve been pairing it up with various different looks but this one is probably my fav, it’s sort of a messy look that goes with any occasion! As you can see by the pictures I chose a more rustic kinda country background to show you my baby and what I love the most about this shoot is how the color on the skirt changes when I change the side of the scenario I’m in, sometimes it looks greener, other it looks brownier, how awesome is that! A two toned skirt, depending on the sun and on what you wear it with, the skirt changes! But that’s not what made me fall in love with it, I mean, I surely tend to pick green things, but what caught my eye was the fact that it was tulle! I knew it was going to be a thing this year so I thought, why not!

christmas gifts and a happy new year!

Espero que todos tenham tido um ótimo natal! Cheio de doces, prendas, e mais importante de tudo, rodeados daqueles que vos querem melhor! Eu posso dizer que o meu, em todas essas categorias, foi um grande sucesso! Mas antes de vos contar como foi o meu Natal, e claro, mostrar-vos as minhas prendas prediletas, quero pedir desculpa, este post devia ter saída esta quarta, no entanto, fui apanhada por aquele virusinho chato que por aí anda no ar, chamam-lhe gripe, e dizem que este ano entrou a matar, infelizmente estou a sofrer na pele a matança, estou de cama há dois dias, e entre febres altas, dores musculares, muita tosse, falta de ar e uma cabeça à roda, foi-me totalmente impossível pegar no computador para editar fotografias! Finalmente fiquei um pouquinho melhor e já pude voltar ao trabalho, e apesar de estar super atrasada nas coisas da faculdade não podia deixar de tirar um tempinho para vos desejar Boas Festas!

october fav’s

Favs

Olá Outono! Pois é, mais um mês que finda e este traz novidades, uma nova estação, e para muitos como eu, algumas mudanças… E não estou só a falar de mudar o guarda roupa porque o tempo esfriou, estou a falar de uma mudança de hábitos. Há um ano atrás a minha vida estava virada do avesso, tenho andado a tentar reverter a situação desde então e já dei grandes passos que me distanciaram do buraco em que estava caída, no entanto a mudança e a recuperação não são coisas passageiras e uma implica a outra, pelo que, findo o verão, finda também um pouco a diversão na tentativa de esquecer. Como sabem estou no meu último ano de universidade, e se há uma coisa que o outono nos ensina é que não há problema em deixar algumas coisas para trás, coisas que não nos vão ajudar a andar para a frente, este ano finalmente apercebi-me que posso fazer isso, e acima de tudo que já tenho finalmente energias suficientes para prosseguir e tentar descobrir de novo o meu caminho. Até uma dada altura da minha vida eu tinha todo o resto dela planeado, sabia exatamente onde estava e precisamente onde ia, acontecimentos que prefiro não relembrar destruíram todos os meus objetivos, pior que isso, todos os meus sonhos. Confesso que até este mês continuei perdida, algo que se manifestou na minha inconsistência para com o blog e para com a vida, mas foi ver as folhas mudar de cor e caírem das árvores, e saber que não tarda elas voltam a crescer que me fez aperceber que também eu posso voltar a crescer, para isso só preciso de me concentrar! Isso requer algum esforço e algumas mudanças, mas depois de todos os obstáculos que já ultrapassei que serão mais algumas pedras no meu caminho? Nesse sentido estou aqui para vos dizer que outubro foi um ótimo mês para retrospeção, um ótimo mês para tirar algumas coisinhas do armário de que, confesso, já tinha saudades, e garanto-vos que é ótimo mudar, quem sabe não vos trago algo mais acerca desse assunto, noutro dia, agora fiquem com o top5 deste mês!

hey autumn!

0

Ela tem uma dessas almas de outono, colorida e gloriosa, dá gosto até apreciar, mas quão mais de perto observas e quanto mais ela se embrenha nas primeiras chuvas e nas folhas que vão caindo, mais transparente se torna que esta alma tão vivaz por fora vai morrendo pedaço a pedaço, folha a folha, gota a gota. E enquanto tudo à sua volta se veste da sua última beleza, enquanto as águas refletem os últimos raios de sol, enquanto as árvores prosperam num espetáculo de cores, enquanto os pássaros entoam os seus últimos hinos de alegria antes de partirem para novos pastos, enquanto a natureza esfria, enquanto tudo se transforma para a chegada de uma nova temporada, enquanto isso… enquanto isso ela vai-se preparando para uma nova inundação, enquanto isso ela vai-se aquecendo nas mangas das camisolas que retirou do baú cheio de recordações, enquanto isso ela vai tentando poupar energias pois talvez este seja o ano em que o outono lhe ensina que não há problema em deixar as coisas velhas cair e perecer no chão, em vê-las ser arrastadas pelo vento e pelas chuvas, talvez este seja o ano… ou talvez não… Mas enquanto o outono não lhe souber mostrar que é possível extrair felicidade dos dias cinzentos de tempestades acesas elas vai continuar a guardar naquele baú todas as coisas mortas que vai encontrando em si, todas as memórias que teve e não quis, e algumas que quis e não teve…